TRISTE FIM! Mulher tem rosto queimado após esteticista distrair-se com celular

Rosto da vítima ficou transformado após o procedimento - Foto: Reprodução
Rosto da vítima ficou transformado após o procedimento – Foto: Reprodução

  • Mulher ficou com o rosto queimado e cheio de cicatrizes por negligência da esteticista
  • A responsável pelo procedimento distraiu-se durante uma discussão com o namorado por celular
  • Tribunal considerou a especialista culpada por negligência, mas definiu uma pena branda

Uma mulher teve o rosto queimado e ficou repleta de cicatrizes após um tratamento estético ao qual era submetida dar errado por suposta negligência da responsável na Turquia. Ela acusa a esteticista de ter se distraído com o celular durante o procedimento a laser.

Segundo o tabloide britânico The Sun, Asli Ilhan explicou que fazia o procedimento normalmente quando ouviu a especialista iniciar uma discussão acalorada com o namorado pelo celular. Momentos depois, a mulher de 42 anos passou a sentir o rosto queimar.

Asli foi correndo para casa, mas diante da intensa e incessante dor, procurou uma farmácia e comprou analgésicos. Nada, porém, diminuía o incômodo.

Para piorar, ela viu marcas se espalharem pelo seu rosto. Hoje, mais de um ano após o ocorrido, tem a face coberta por cicatrizes causadas pelo erro da esteticista.

Tribunal condena esteticista

O caso aconteceu em novembro do ano passado em uma clínica na região de Antalya, mas foi revelado somente na última terça-feira (30), depois que um tribunal turco considerou a especialista culpada por negligência.

“As pessoas às vezes cometem erros, mas eu paguei um preço caro demais”, disse Asli. “Estou tendo muitos problemas com as marcas no meu rosto. Estou me sentindo horrível.”

Ao contrário do esperado pela mulher, porém, a pena à esteticista foi considerada bastante branda. Ela será obrigada a paga uma indenização de 3.360 liras turcas (cerca de R$ 1,42 mil), que poderão ser divididas em 10 parcelas.

“Não apenas meu rosto foi duramente queimado, mas eu tive muitos problemas psicológicos nesse período. A dor que sofri será compensada com uma pequena multa em dez parcelas. Eu não aceito essa decisão”, lamentou Asli.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *