Potiguar surpreende visitantes de cemitério ao aparecer ao lado do próprio túmulo no RN: ‘Sonho de infância’

Mesmo sem intenção, Alberto Jorge Souza, de 54 anos, já assustou muitos visitantes do cemitério público Campo Jorge em Caicó, na região do Seridó potiguar. Não foi diferente nesta terça-feira (2), feriado de Finados, quando há mais pessoas no local.

O pintor automotivo mais conhecido como Beto Fera já construiu o próprio túmulo e mandou colocar até uma foto dele, feita em estúdio. O problema é que muitas pessoas que encontram a construção no local acham que ele já morreu.

Foi o caso de uma amiga de infância, que foi ao cemitério para o sepultamento de outra pessoa, achou a imagem e deduziu que ele tivesse morrido. Dias depois, ao encontrá-lo no mercado público da cidade, veio o susto.

“Ela disse até que acendeu vela. Quando me encontrou teve um susto tão grande que ficou querendo falar comigo e faltando voz”, afirmou.

Beto contou que tem o túmulo há sete anos. Ganhou o espaço da própria madrinha, depois que os restos do padrinho dele foram transferidos para outro cemitério.

G1RN

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *