A INDIGNAÇÃO SELETIVA DA MÍDIA, DOS ARTISTAS GLOBAIS E DOS IDIOTAS ÚTEIS, COM OS CASOS DO RHUAN E DA ÁGATHA

Rhuan e Ágatha


Mais uma vez a mídia, os artistas globais e os IDIOTAS ÚTEIS esquerdistas, mostram a seletividade de casos e fazem MARKETING POLÍTICO usando a imagem de uma criança. Nada justificará a morte da criança Ágatha, que foi morta cruelmente no meio de uma guerra existente dentro das favelas em que o tráfico domina. O mesmo traficante que vende e distribui drogas para famosos CHEIRADORES, CONSUMIDORES E DEFENSORES da liberdade MACONHEIRA. Para aquele ZÉ DROGUINHA que faz e desfaz, mas aparece na mídia com cara de coitadinho carregando um cartaz e pedindo justiça pela morte de uma criança motivada pelo o seu fornecedor.


Marielle Franco 

Marielle Franco 
A ênfase que mídia LIXO está dando ao caso da Ágatha, se contradiz quando OMITIU para o Brasil o caso do menino Rhuan, que foi DECAPITADO VIVO pela MÃE e sua companheira. O motivo revela a doença mental coletiva que dominou os tempos recentes. Simplesmente um crime como este, uma mãe esquartejando o próprio filho, por referências paternas mal resolvidas, é tratado como estatística ou mesmo como um mero acidente de percurso na revolução feminista, mas não vamos entrar nos meros detalhes.



Os dois casos são diferentes e injustificáveis (insano tentar justificar a crueldade humana), porém, a visibilidade de um (Ágatha), mostra o quão sórdido e imundo é o jornalismo brasileiro hoje, quando torna um caso como o do menino Rhuan uma mera estatística. Quando vendem a notícia de forma TENDENCIOSA para que aquele IDIOTA ÚTIL a compre, sem ter o mínimo de conhecimento dos fatos. Não seja uma marionete nas mãos de pessoas aproveitadoras, que usam momentos trágicos, para mostrar seletividade de fatos e culpar A ou B pelos fatos ocorridos. 

Que Deus receba o Anjo chamado Ágatha, assim como recebeu o Anjo chamado Rhuan.

Rhuan

Ágatha

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *