SÃO PAULO DO POTENGI ESTÁ UM CAOS EM ALGUMAS ÁREAS. ABANDONO, DESCASO COM MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E PRÉDIOS PÚBLICOS, O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM A CIDADE?



Verificamos por meio das redes sociais (Facebook e Whatsapp) denuncias de abandono do poder público, mais uma vez em São Paulo do Potengi. Imagens e vídeos referente aos casos, foram compartilhadas por internautas em grupos de Whatsapp e no Facebook, dos descasos com prédios públicos e maquinários pertencentes a Prefeitura municipal de São Paulo do Potengi.

Nas imagens, vemos máquinas que deveriam serem usadas agora, com o inverno chegando ao nosso estado, para servir ao agricultor local, em um corte de terra, na reconstrução de uma estrada de barro (terreno argiloso), em um desmatamento de terras para cultivo da agricultura, que é um meio de sobrevivência e a principal fonte de renda da população Potengiense. 



Mas o que vemos na verdade, são verdadeiras sucatas de ferro velho. Um verdadeiro cemitério de maquinários abandonados, quebrados, com muita ferrugem e sem conserto. São bens de capital (dinheiro) que custaram uma “grana preta” aos cofres públicos, que foram compradas ou doadas pelo governo para servir a população e a prefeitura local.

Infelizmente, por incompetência da gestão ou dos órgãos que deveriam fazer manutenção periódica, para evitar a depreciação, porém deixaram se depreciarem com o tempo, gerando um alto custo para o orçamento municipal e a perca de máquinas que não servirão mais para serem usadas. 



O dinheiro para o conserto dessas máquinas não cairá do céu, nem tampouco sairá do bolso dos responsáveis, que deveriam ter o mínimo cuidado para não deixar o tempo corroer às máquinas. Esses custos sairá do bolso do agricultor que trabalha arduamente para conseguir sobreviver em um município “polo” que mal consegue fazer uma política de planejamento, a fim de sanar ou amenizar o desemprego que assola a cidade.

Como se não bastasse, vimos também o abandono com o principal polo esportivo (o estádio municipal) que deveria está sendo cuidado para prática do esporte local. O Estadio Augusto Gomes da Rocha, sofreu tanto com a depreciação do tempo e a falta de manutenção, que hoje podemos dizer que é um ex-estadio de futebol.



O esporte de São Paulo do Potengi que já deu tantas alegrias no futebol e no futsal, com verdadeiros craques da bola, que desfilaram nas quadras (abandonadas hoje) e nos campos (que estão sendo enterrados), choram com abandono da principal praça esportiva, que já nos deu tantas alegrias com o Santa Rita Futebol Clube, com o Flamengo de Carlito, O Fluminense de Cicinho, O Internacional de Jairo e outros tantos times amadores que fizeram a alegria do povo Potengiense.

Hoje o estádio serve apenas para abrigar máquinas da prefeitura, alguns animais para se alimentarem no gramado e como garagem municipal para guardar alguns veículos. Enquanto isso, o esporte amador continua abandonado, sem realização dos campeonatos municipais como era feito em gestões passadas. Um detalhe importante é que esse mesmo apoio que deveria ser dado ao esporte amador, foi clausula inclusa na “lei orgânica do município”, mas por qual razão esta não está sendo cumprida?



Esperamos que a Prefeitura Municipal de São Paulo do Potengi, dê um parecer sobre estes descasos que vem acontecendo no município. Sabemos que tudo isto teve e tem um custo altíssimo, que fora financiado com dinheiro público, com dinheiro do contribuinte, com dinheiro da união e não com recursos próprios, afinal, toda e qualquer gestão seja ela em qualquer esfera, é sustentada pela máquina pública, que é sustentada pelo dinheiro advindos dos nossos “IMPOSTOS”.

Então, que nos esclareçam os pontos e os motivos que levaram a este total descaso e abandono e quais soluções serão tomadas, mesmo sabendo que estes custos cairão mais uma vez na conta do trabalhador.

Curta nossa página no Facebook.

@LeituraPotiguar






Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *